Como transferir um domínio?

A transferência de domínios é uma acção cada vez mais comum nos dias de hoje, seja por motivos de venda ou compra de domínios (existindo assim a mudança dos dados do proprietário do domínio), por mudança de empresa (transferindo o domínio para uma outra empresa por diversos motivos) ou outros motivos pessoais e profissionais.

Geralmente estas mudanças são sempre associadas aos utilizadores mais avançados, procurando sempre encontrar as melhores condições, já que algumas mudanças requerem conhecimentos técnicos e dados específicos relativamente às empresas em questão. Porém, com o avanço das tecnologias e das plataformas das empresas de domínios, é cada vez mais simples proceder a esta mudança, sendo muitas vezes necessário apenas a actualização de dados entre utilizadores registados ou no caso de mudança de empresa, a renovação do pagamento é sempre anexada à actualização dos dados do domínio relativamente aos dados da empresa em questão.

O que é necessário para transferir um domínio?

Em primeiro lugar, a transferência de domínios requer um sem número de condições, principalmente no caso de uma transferência entre provedores de serviços, onde há um sem número de condições que o utilizador tem que ter em atenção para que nada interfira nesta mudança.

Em termos práticos, o domínio está a ser transferido para um novo servidor web, onde por vezes a mudança de arquivos e dados está sempre inerente. Muitos utilizadores acreditam que esta mudança seja igual à feita no reencaminhamento de domínio para outra empresa, porém há alterações diferentes e que merecem a sua atenção.

Em primeiro lugar, para conseguir transferir um domínio é necessário que este esteja registado à mais de 60 dias na empresa actual, caso contrário a mudança não é possível. Por sua vez, é imprescindível que a empresa actual permita essa mesma transferência, evitando que o domínio esteja bloqueado no painel de controlo, no caso disso acontecer, caso não consiga mudar facilmente deverá contactar a empresa para agilizar todo o processo.
Antes de fazer a transferência é ainda necessário que verifique que o domínio não se encontra expirado, assim como a informação presente nos dados pessoais do proprietário, pois durante o processo de mudança será enviado um e-mail para confirmar a acção para o e-mail apresentado.

Transferir um domínio dentro da mesma registrar

Transferir um domínio dentro da mesma empresa é praticamente a mesma coisa que dizer que um domínio irá passar da mão do seu proprietário actual para um novo dono. Neste caso específico, apenas os dados pessoais do proprietário serão actualizados, já que a registrar será a mesma, é como se estivesse a vender o seu próprio automóvel, isto é, relativamente ao automóvel todos os dados serão os mesmos, porém os dados do seu proprietário necessitam de uma actualização.

Geralmente nestes casos de transferência existe muito menos condições necessárias, apesar de ser obrigatório que as condições acima mencionadas sejam todas completas. Em alguns registrars, mesmo que seja apenas um domain push, é pedido um Auth-Code ou Epp Key, código esse que é fornecido pela actual empresa e que permite que apenas os proprietários actuais possam “transferir” e dar poderes de transferência. Este código é pedido directamente ao seu actual registrar ou em alguns casos é visível dentro do painel do controlo do domínio. Existem alguns registrars que não lhe pedem este código para transferências de domínios entre contas. A Godaddy, por exemplo, não pede authcodes dentro do seu sistema, mas em contrapartida efectua um bloqueio ao domínio por 60 dias, para que não possa ser novamente transferido. Ou seja, na prática o domínio é transferido de uma conta para outra dentro da Godaddy, rapidamente (no mesmo dia), mas depois este domínio só poderá ser transferido 60 dias depois. Mesmo que seja para outro registrar que não a Godaddy.

A transferência de domínios dentro da mesma registar, acção também conhecida como domain push, não requer muitos conhecimentos técnicos, porém no caso de dúvidas devem sempre contactar o apoio técnico e tirar todas as dúvidas existentes, já que após a transferência não existe a possibilidade de voltar atrás, pois perde automaticamente os direitos sobre o domínio em questão.

Transferir um domínio para outra registrar

Esta é provavelmente a acção mais comum nos dias de hoje, já que muitos utilizadores procuram sempre as melhores condições para os seus domínios, são muitos que mudam de registrar em busca de melhores preços, melhores condições ou simplesmente para aproveitamento de promoções especiais.

O primeiro passo a fazer é proceder ao backup de tudo o que estiver dentro do domínio, pois apesar desta transferência não ser mais do que mudar os dados do seu registrar, podem ocorrer situações inesperadas e acabam por perder todo o website. São muitos os utilizadores que acreditam que nada disto seja necessário, pois apenas o nome do domínio será mudado entre registrars, porém não há nada como prevenir e um backup nunca fez mal a ninguém.

Nestes casos específicos, maior parte do trabalho é feito pela registrar que ficar com o domínio no futuro. Estas possuem uma espécie de formulário que deve ser preenchido com o domínio em questão a transferir, em seguida, a empresa irá contactar a actual registrar que tem em sua posse o domínio, requerendo a transferência e posteriormente todas as informações serão enviadas para o utilizador de forma a confirmar a veracidade dos dados e a proceder à transferência efectivamente.
Há ainda o pedido de um Auth-Code ou Epp Key, código esse que é fornecido pela actual empresa e que permite que apenas os proprietários actuais possam “transferir” e dar poderes de transferência. Este código é pedido directamente ao seu actual registrar ou em alguns casos é visível dentro do painel do controlo do domínio.

Esta mudança pode demorar alguns dias, geralmente 5 dias úteis, porém toda a informação é enviada para o utilizador pela nova registrar que está a tratar da mudança.

Serviços Escrow

A utilização dos serviços de Escrow está limitada à possibilidade de cada empresa, pois nem todas elas disponibilizam este serviço. No entanto, este serviço é também conhecido como transferência externa de domínios, tendo sempre um especialista a tratar da transferência em si.

Geralmente, estes serviços são requisitados pelos utilizadores que tenham em sua posse domínios realmente interessantes e que queiram ganhar muito dinheiro com a sua venda, existindo assim um profissional da empresa especializado e responsável por conseguir vender e transferir esse domínio para outro utilizador de forma a gerar lucro para o seu cliente.
Na prática, um Escrow funciona como um complemento de segurança para uma transferência de domínio bem sucedida. É um intermediário muito importante, mesmo que a venda do domínio seja por muito pouco dinheiro. Existem comissões a pagar por este serviço, mas convenhamos que é um serviço necessário.

O Escrow funciona de forma muito simples e tem como base o seguinte sistema:

1º- O comprador e vendedor do domínio chegam a acordo sobre os termos da transação;
2º- O comprador transfere o montante acordado para o serviço Escrow;
3º- Já com a confirmação de depósito e disponibilidade do dinheiro, o vendedor procede à transferência do domínio, utilizando os dados que descrevemos, com o authcode, etc;
4º- Assim que o comprador tiver em sua posse o domínio, o sistema Escrow liberta os fundos para o vendedor.
5º- É tudo. Todas as partes ficam com o que pretendem de forma segura, embora não necessariamente rápida. Mas é melhor esperar do que perder um negócio.

Conclusão

Em termos práticos, a transferência de domínios é relativamente simples de efectuar, não necessitando de muitos conhecimentos técnicos para ocorrer, porém é importante que determinadas condições sejam sempre contempladas antes de avançar para esta mudança.
Por outro lado, as próprias empresas garantem um serviço de acompanhamento que permite que os utilizadores com mais dúvidas possam assim ver esta transferência feita da forma correcta para não perderem dados ou até arquivos existentes no servidor associado ao domínio em questão.

Em caso de dúvidas, não hesite também em utilizar os nossos comentários e contactos directos, estamos sempre dispostos a ajudar os nossos leitores e a retirar todas as dúvidas existentes.

Os nossos leitores também viram:

  • Sem artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *