O que é um nameserver?

Os números de telefone, telemóvel, e-mails de contacto, etc., fazem parte da nossa vida diariamente, contudo é praticamente impossível de os decorar, principalmente se o número de contactos for realmente grande. Para estas situações usam-se agendas, softwares específicos ou mesmo pequenas aplicações que transportam estes dados no seu smartphone para que esteja sempre informado sobre a eventualidade de uso de um desses dados. O mesmo acontece com os websites, já que a sua essência reside num conjunto de números que indicam o endereço IP do servidor, era necessário a criação de um sistema que traduzisse esses números em palavras, tornando muito mais simples de aceder aos websites e até decorar os seus endereços.

Muitas vezes se ouve falar que o sistema de DNS é provavelmente a maior base de dados do mundo, ainda mais agora que o mundo Online se tornou essencial e popular em praticamente todos os cantos do planeta. No entanto, esta é uma base de dados distribuída, com funções muito específicas e que se tornou essencial e obrigatória nas últimas dezenas de anos.

O que é um nameserver?

Um nameserver é um endereço alfanumérico que traduz um endereço IP, isto é, os websites podem ser acedidos por um IP directo, como por exemplo 220.223.133.74 porém é muito mais fácil decorar o endereço nomedowebsite.com. O nameserver tem exactamente esta função, gravar o nome de um website (ou seja o seu domínio) para aceder a um endereço IP onde o website está alojado. Assim, se o utilizador desejar mudar de alojamento, de empresa de alojamento ou simplesmente de servidor, não precisa de mudar todo o seu endereço para aceder ao site, bastando para isso actualizar os nameservers e eles fazem exactamente isso automaticamente.

Desta forma, existem momentos em que é expressamente necessário a modificação desses nameservers, pois o IP do seu website mudou e isso significa que não está mais acessível através daquele nameserver. Esta mudança pode demorar no máximo 72 horas, apesar de geralmente demorar muito menos, é preciso que durante este período de tempo tenha paciência pois a propagação dos servidores DNS é necessária e está a ser feita o mais rápido possível.

Os nameservers são da responsabilidade dos órgãos de registo de domínios, contudo os nameservers são colocados consoante o seu servidor e a empresa de alojamento em questão. Por exemplo, se adquirir um domínio na empresa X e tiver o seu serviço de alojamento na empresa Y, apenas terá que mudar os seus nameservers se mudar também de alojamento, já que a transferência de domínios não tem qualquer implicação no nameserver (apesar de aconselharmos que verifique sempre, pois podem ocorrer pequenos incidentes).
Um exemplo comum de um endereço de nameservers é “ns1.exemplodoseualojamento.com”.

Para que servem os nameservers ?

Como falado anteriormente, a principal função do nameserver é facilitar o acesso aos websites e mesmo durante a comunicação entre servidores. Cada servidor tem o seu próprio endereço de IP, porém para que se torne mais simples o acesso aos websites espalhados por todo o mundo, o DNS (Domain Name System ou Sistema de Nomes de Domínios) fica responsável por traduzir os endereços de IP onde os websites estão, em algo muito mais simples, pois para os utilizadores é muito mais fácil para digitar na barra de endereços e até para memorizar.

Quando um utilizador digita na barra de endereços um endereço web ou quando é enviado um e-mail para qualquer parte do mundo, a aplicação em uso questiona o DNS a que endereço IP é que este nameserver está a tentar aceder, tudo isto é feito de uma forma que o utilizador nem sequer repara. Esta função tem como objectivo a navegação online feita através de nomes (escolhidos pelos utilizadores) e nunca por números, pois seria demasiadamente complexo e demorado.

Alterar os nameservers no cpanel

O utilizador poderá recorrer a este serviço através da empresa de alojamento ou até da empresa de registo de domínio (se não for a mesma), contudo pode também fazê-lo directamente no cPanel com alguma facilidade.

Em primeiro lugar é necessário aceder ao cPanel do seu domínio, com as credenciais dadas pela sua empresa de alojamento (geralmente são as mesmas que usa para aceder ao FTP). De seguida deverá procurar a secção de Domínios e a opção de Editor de Zona DNS simples ou avançado (aconselhamos que comece pelo editor simples para que não aconteça nenhum incidente).

Em seguida é solicitado que escolha o domínio para o qual deseja alterar os nameservers, obviamente que poderá ter um ou vários, dependendo dos domínios adicionais que tiver no seu alojamento.

Posteriormente surge um formulário muito específico que permite criar e editar registos A e CNAME, sendo que para isso necessitará de ter as informações referentes aos nomes e endereços consigo.

Diferença entre forward e nameserver

Já aqui falamos da diferença entre forward e masking de um domínio, mas agora vamos falar da diferença entre forward e nameserver.

Em termos práticos, forward de um domínio é nada mais nada menos do que dar um caminho diferente para um website, ou seja, pode-se definir um outro domínio para aceder a um website que na realidade tem outro nome. Complicado? Vamos dar então um exemplo: alguns utilizadores acabam por adquirir mais do que um domínio para o seu website, porém este não tem qualquer utilidade (para além de garantir que nenhum concorrente o faz) se não for bem pensado, colocando assim os vários domínios a apontar para o mesmo website. Se um utilizador tem o domínio nomeempresa.com e adquiriu também o nome-empresa.com pode ser vantajoso fazer com que o website possa ser acedido com os diferentes domínios.

Por outro lado, o nameserver é utilizado para traduzir em “nomes” o servidor onde o seu website está alojado, permitindo assim que os utilizadores possam aceder ao website através do domínio nomeempresa.com e não do endereço IP em que o website está alojado.

A grande diferença entre estes dois serviços está na utilidade de cada um deles.

Vejamos:

Forward: é utilizado entre 2 domínios. Acontece quando um utilizador digita nome-empresa.com e “aterra” no nomeempresa.com.

Nameservers: é utilizado entre um domínio e um servidor. O nameserver faz a ponte entre o domínio e o servidor onde os ficheiros do site estão alojados.

Os nossos leitores também viram:

2 thoughts on “O que é um nameserver?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.