Quais os diferentes tipos de tráfego?

Depois de colocar o website do seu negócio online é necessário administrar e gerir o mesmo da melhor forma possível, sendo que um dos pontos mais importantes são mesmo as estatísticas e o conhecimento relativamente ao tráfego que chega ao website. Existem diferentes tipos de tráfego, todos eles com as suas características, vantagens e desvantagens, mas todos se tornam importantes para o seu website.

Actualmente existem principalmente 5 diferentes tipos de tráfego para o seu website, no entanto nem todos funcionam da mesma forma, alguns tornam-se muito mais vantajosos e outros têm mais importância para o próprio website, por isso vamos esclarecer aqui cada um deles e permitir que obtenha conhecimentos necessários para gerir as suas estatísticas da melhor forma possível.

Tráfego Directo

Este é um dos tipos de tráfego mais vantajoso e mais interessante para todos os websites, este tipo de tráfego é referente a todas as visitas que chegam ao website de uma forma directa, isto é, que digitam directamente o seu domínio na barra de endereços.

Este tipo de tráfego significa que as pessoas já conhecem o website e tiveram uma experiência tão boa que se lembram do domínio e querem voltar. Sendo assim, este tráfego é composto por visitantes antigos, conhecidos por entrar nos websites atrás de novidades e novas actualizações, no entanto são estes que geralmente compram.

Por isso, apesar de ser do tráfego mais complicado de conseguir, é dos mais vantajosos, já que geralmente significa que o leitor gostou tanto do projecto que está a voltar, mostrando-se interessados por mudanças ou actualizações que possam ter ocorrido.

Outro significado do Tráfego Directo (type in traffic) é do domínio ser directo o suficiente para que uma pessoa procure pela palavra directamente no browser, sem recorrer a um motor de pesquisa. É este tipo de domínio que se chama “Premium” porque no final do dia atrai pessoas sem qualquer custo publicitário, bem como, torna-se uma referência na área em que está incluído e é de fácil memorização.
Exemplo: muitas pessoas que procuram um alergologista na internet, fazem-no directamente pelo browser digitando alergologista.com

Este tipo de tráfego funciona muito bem para marcas já estabelecidas, com um bom capital de marketing, bem como para domínios premium genéricos, sem a necessidade de grande capital de marketing. Percebe agora o porquê da importância de um domínio genérico premium?

Tráfego Redes Sociais

Este é provavelmente um dos tipos de tráfego mais importante nos dias de hoje, isto porque as redes sociais tornaram-se extremamente imperativas para qualquer website, permitindo a divulgação das matérias, o contacto directo com os leitores e ainda a facilidade em encontrar parceiros de negócio e possíveis parcerias extremamente interessantes.

Este tipo de tráfego é muito viral para os websites, principalmente nos casos mais interessantes, já que as pessoas gostam bastante de se tornar sociáveis, mostrando exactamente quais as suas visitas.

Contudo, este é um dos tipos de tráfego com maior bounce rate, isto é, as pessoas entram a partir de publicações partilhadas, lêem o que lhes interessa e acabam rapidamente por sair do website e procurarem outros. No facebook as páginas de fãs e os likes começaram a ter um enorme poder na gestão de tráfego para websites, porém no Twitter acontece o mesmo, com várias sugestões e partilhas dos utilizadores na timeline.

Neste tipo de tráfego o que interessa mais é a questão viral do conteúdo em si, isto é, se chamar a atenção, se for do interesse do leitor e se tiver uma boa mensagem a transmitir, então certamente que vão falar do conteúdo, vão partilhar o mesmo e vão acima de tudo, indicá-lo a outros leitores.

Tráfego dos motores de pesquisa

Este é o tipo de tráfego mais procurado por administradores de websites, isto porque geralmente as pessoas quando chegam aos websites através de pesquisas feitas no Google, Bing ou mesmo Yahoo vão em busca de respostas para uma dúvida ou de informações complementares às já existentes.

Esse é o principal objectivo de um motor de busca, dar respostas às questões colocadas pelos leitores, por isso se os mesmos encontrarem o seu website numa dessas respostas é sinal que o conteúdo é relevante para a pesquisa efectuada. Por isso, os visitantes que chegam ao seu website através de motores de busca tornam-se muito mais valiosos, com um tempo de leitura bastante alto e um bounce rate muito baixo, tornam-se importantes porque além se encontrarem a resposta à sua questão, têm uma enorme tendência a continuar a procurar informação dentro do website, complementando assim as suas respostas.

Cada vez mais as pessoas limitam-se a procurar informação nas primeiras páginas de resultados para uma determinada pesquisa, por isso se o seu website recebe muito tráfego proveniente de motores de busca significa que se encontra nos primeiros resultados e a autoridade do seu website é muito mais alta que os seus concorrentes.

Por outro lado, os visitantes que chegam até ao website através de motores de busca são também conhecidos por se tornarem leitores assíduos, assinantes de feeds e newsletter e até de gerarem uma taxa de cliques em publicidade muito mais alta.

Tráfego por referência

Existem muitos administradores que confundem o tráfego por referência com o tráfego de redes sociais, porém existem algumas diferenças que merecem ser destacadas.

Geralmente quando há uma partilha através das redes sociais, apesar de ser uma referência e de gerar algumas visitas, normalmente não tem o mesmo tipo de interesse por parte do leitor final, mas por outro lado as referências de outros websites para artigos ou mesmo para o index do seu website, pode tornar-se bastante vantajoso, já que mostra que é conteúdo relevante para os leitores e podem tornar muito mais imperativo para os seus visitantes.

Geralmente este tráfego surge de partilhas de informação, de complementos de artigos ou simplesmente de recomendações que podem surgir seja através de links de blogroll (parceiros) ou mesmo no artigo em si.

Tráfego pago

Este é provavelmente o melhor tráfego que o seu website vai receber. Apesar do administrador do website estar a pagar por cada visita que o website recebe, garante que apenas os interessados vão visitar e que geralmente podem escolher qual a página que o leitor vai ver em primeira instância.

Normalmente é este o tipo de tráfego indicado para lançar um website e o mais indicado para quem deseja converter as suas visitas em seguidores assíduos ou mesmo em novos clientes ou oportunidades de negócio. Para conseguir este tipo de tráfego pago o administrador do website poderá comprar publicidade através das Redes Sociais, do Google Adwords, Anúncios Sapo ou mesmo publicidade directa nos websites da área de interesse.

Conclusão

Em jeito de conclusão, existem vários tipos de tráfego existente hoje em dia, todos eles com as suas características e vantagens para o website. O ideal é que um website tenha uma determinada percentagem de todos os tipos de tráfego, porém alguns deles tornam-se muito mais importantes e vantajosos já que convertem muito melhor a nível de negócio e de seguidores atentos.
O tráfego é o petróleo da internet porque a realidade diz-nos que um site pode ser fantástico, mas se não tiver tráfego…não está a ser visto por ninguém.

Deixamos aqui as estatísticas do site dominiodeinternet.com, em termos de fontes de tráfego, no momento em que escrevemos este artigo:

– 56,32%Tráfego direto

– 34,77%Tráfego de pesquisa

– 8,90%Tráfego de referência

Como recomendação de controlo de todo o tráfego do seu website, deixamos aqui o site da Google Analytics como sendo a melhor para este tipo de monitorização. E é grátis.

Os nossos leitores também viram:

  • Sem artigos relacionados

6 thoughts on “Quais os diferentes tipos de tráfego?

  1. Eu estou começando agora nesse ramo de trabalha somente com internet e estou lendo muito artigo sobre tráfego e adorei sua explicação sobre. Valeu e Parabéns pelo blog Ótimo.

  2. Olá,

    Obrigado pelos esclarecimentos prestados neste artigo. Gostei bastante!
    Eu tinha muita dúvida em relação a tráfego orgânico e tráfego direto.

    Ajudou bastante.

    É sempre bom contar com blogs como este, que disponibilizam artigos informativos bem detalhados.

    Obrigado!

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *