Adwords vs Facebook Ads vs Banners em Sites

Um dos principais objectivos da criação da Internet era o livre acesso à informação e a partilha da mesma em apenas alguns segundos, com o mundo inteiro. Inicialmente o seu uso foi meramente informativo, passando apenas por instituições educacionais e governos, posteriormente foi adaptada a empresas e a outro tipo de utilizadores que começaram a usar de formas variadas, criando a rede actual que temos acesso nos dias de hoje.

Obviamente que com isto veio a grande popularidade da rede, intimamente ligada à possibilidade de criar publicidade rapidamente, fazendo com que esta chegue a um grande número de pessoas, muitas vezes com custos realmente reduzidos. Por isso, as empresas começaram a olhar para a Internet como um parceiro de negócio, aliando o seu crescimento, com as novas ferramentas disponíveis, chegando assim a um maior número de potenciais clientes.

Inicialmente, a publicidade online não tinha o mesmo tipo de credibilidade que a publicidade offline, muito por culpa dos fracos conhecimentos sobre marketing online que os especialistas tinham. Contudo, a evolução era imprescindível, existindo cursos específicos para formar profissionais na área, criando assim todos os conhecimentos necessários para alavancar todas as campanhas de empresas, podendo até muitas vezes substituir os meios tradicionais para chegar aos clientes.

Tal foi o forte crescimento que a publicidade teve nos últimos anos, que muitos especialistas chegaram mesmo a afirmar que outros tipos de publicidade iriam ser irradiados e provavelmente todo o marketing seria feito utilizando a Internet. Contudo é importante lembrar que a Internet é apenas uma das ferramentas existentes para chegar ao seu objectivo, sendo necessário aliar esta ferramenta a outras para conseguir alcançar o sucesso.

Hoje em dia existem várias formas de publicitar negócios online, seja através de publicidade directa (com o principal objectivo de conseguir visitantes imediatos, mas que nem sempre se tornam fiéis) e a publicidade indirecta (com o objectivo de atingir os motores de busca, chegando aos primeiros lugares e com efeitos muito mais duradouros). Cada negócio deve escolher o tipo de publicidade que se adequa mais aos objectivos no momento, por isso hoje vamos apresentar-vos aqui três opções de publicidade, assim como a comparação entre essas opções: Adwords vs Facebook Ads vs Banners em Websites.

Vantagens da publicidade online

Depois de termos falado superficialmente sobre as vantagens de publicitar algo online, vamos agora enumerar e descrever cada uma dessas vantagens.

Focalização – com a publicidade online é possível escolher exactamente quais são os utilizadores a receber essa publicidade, direccionando por gostos ou interesses, fazendo assim com que se tornem muito mais eficazes.

Interactividade – geralmente as campanhas permitem sempre que os utilizadores interajam com o anúncio, seja através de acções, comentários ou partilhas, por isso vão conseguir muito mais atenção por parte da maioria dos utilizadores interessados.

Monitoramento – com as campanhas online é muito mais fácil de conseguir monitorizar os resultados, chegando às taxas de sucesso e insucesso mais rapidamente, o que permite mudanças ainda mais eficazes e rápidas.

Flexibilidade e custos – fazer ajustes e mudanças pode tornar-se ainda mais simples, aliando a um custo muito inferior, é possível lançar, actualizar, alterar ou cancelar uma campanha em poucos minutos.

Anunciar com Adwords

As campanhas de anúncios pagos feitas através do Google Adwords permitem chegar até um grande número de potenciais interessados, por preços realmente baixos e com resultados muito interessantes. As características destes anúncios são bastante importantes para os empreendedores, já que os gastos são apenas relativos ao interesse dos utilizadores.

Em termos práticos, é possível definir exactamente quando quer gastar por dia ou período de tempo, já que estes anúncios são pagos apenas quando o utilizador clica no anúncio, mostrando assim interesse em saber mais sobre a campanha, a empresa ou o produto em questão. Obviamente que a atenção do utilizador vai depender muito do texto usado, escolhendo muito bem as palavras e frases nos anúncios, é possível chegar a um grande número de utilizadores que se tornam fiéis.

Estes anúncios, surgem não só nos resultados das pesquisas para as palavras-chave indicadas nos anúncios, como também em websites de empresa ou portais de entretenimento que contenham publicidade da Google, Adsense.

Este tipo de publicidade é dos mais importantes para as empresas, com custos muito reduzidos, permite restringir e centrar o aparecimento da publicidade para um tipo de público, a sua eficácia é muito maior, ao contrário do que acontece com outros tipos de publicidade que não tem qualquer tipo de restrições. É ainda possível alterar ou cancelar a campanha a qualquer momento, conhecendo sempre todas as estatísticas através de ferramentas disponibilizadas pelo serviço, chegando assim ao sucesso tal como anseia.

Anunciar no Facebook

As redes sociais vieram para ficar, com milhões de utilizadores a visitarem diariamente as suas páginas, milhares de utilizadores novos diariamente, empresas a criarem páginas de negócios e um grande volume de informação a ser partilhada a cada segundo.

Com tanta adesão às redes sociais, com o principal destaque para o Facebook, era de esperar que empreendedores vissem nele uma excelente opção para divulgar produtos, serviços e empresas. Com a possibilidade de direccionar a publicidade por gostos, características do utilizador ou simplesmente abrangendo uma área geográfica pre-definida, as Facebook Ads tornaram-se extremamente populares nos dias de hoje.

Existem duas formas de publicitar no Facebook, dependendo do tipo de publicidade, pode conseguir resultados muito diferentes uns dos outros. Um deles tem como principal objectivo tornar os utilizadores fãs de uma página específica (sendo que apenas é pago quando o utilizador se torna fã), enquanto que outro tipo de publicidade é pago ao clique, podendo esse ser convertido em “gosto” ou não. Ambas as opções têm vantagens, porém é importante reconhecer qual o retorno esperado da campanha, pois para conseguir bons rendimentos é necessário escolher bem as opções.

Neste tipo de campanhas é possível definir um sem número de focos, isto é, não só é possível chegar a um tipo de utilizadores, como também é possível centrar os anúncios em localizações geográficas, faixas etárias, idiomas, etc. Para conseguir atingir o seu objectivo é importante colocar em prática várias regras aplicadas não só à campanha em si como à concorrência, já que más técnicas e campanhas podem resultar em gastos desnecessários.

Anunciar em Websites

Com a popularidade da Internet, são milhares os websites que surgem diariamente, sobre os mais variados temas. Uns mais informativos, outros mais comerciais e outros simplesmente de entretenimento, por isso anunciar em Websites tornou-se uma excelente ideia para alguns dos negócios.

Este tipo de publicidade é conhecida como “publicidade directa”, já que é da responsabilidade do empreendedor contactar com os administradores dos websites para saber a possibilidade de colocar lá alguns anúncios. Se por seu lado se torna muito mais cansativo e trabalhoso, para alguns casos pode ser uma das melhores opções. Encontrando um website com uma temática dentro do anúncio que quer fazer, com preços em conta, poderá chamar a atenção de utilizadores que de outra forma não era possível.

Nestes casos a publicidade é paga de diversas formas. Alguns utilizadores permitem o pagamento mensal, independentemente do número de cliques feitos, ou seja, não existindo limitação de vezes em que potenciais interessados sigam a publicidade e se tornem fiéis. Por seu lado, este tipo de publicidade é considerada por muitos como inconstante e imprevisível, já que não existindo uma focalização de interessados, não é possível prever quantas dessas visitas se vão tornar clientes, interessados ou potenciais parceiros.

A grande vantagem deste tipo de publicidade são os preços, tendo em conta o número de visitas dos websites, com o número de cliques feitos na publicidade, é possível conseguir manter um anuncio durante um mês inteiro num portal de grandes dimensões, por preços realmente baixos. Contudo, para conseguir chegar até aos grandes portais nacionais, será necessário despender de algumas centenas de euros, já que nestes casos são muitos os concorrentes a tentar anunciar e os preços podem subir exponencialmente.

Adwords vs Facebook Ads vs Publicidade Directa

Com tantas opções para publicidade online, é importante conhecer muito bem cada uma delas antes de fazer escolhas, já que uma má escolha pode significar gastos desnecessários que lhe vão trazer um afastamento directo com a conclusão do seu objectivo principal.

Depois de termos apresentado, descrito e analisado cada uma das opções acima mencionadas, era necessário acompanhar uma comparação directa entre as várias opções, já cada uma delas tem as suas próprias características, conseguindo assim elucidar os interessados a fazerem a sua escolha da melhor forma possível.

No caso da plataforma Adwords, os anúncios são apresentados em vários formatos e tamanhos, podendo ser apenas em texto ou em imagens, dando assim muito mais liberdade de escolha para a realização de uma campanha memorável e que chame a atenção dos utilizadores. Estes anúncios vão surgir em vários websites, aumentando assim a probabilidade do seu anuncio ser visto e de resultar em cliques e consequentes vendas.
No caso das Facebook Ads, os anúncios têm apenas um formato, sendo constituídos por uma pequena imagem, título da campanha e um texto breve de apresentação. Contudo, estes anúncios aparecem apenas na zona lateral do Facebook, o que em termos de abrangência é muito menor.

Apesar de não existir um melhor que outro, é necessário comparar estas duas opções, já que são as mais procuradas nos dias de hoje. É necessário entender que cada uma das opções é indicada para determinada campanha e tipo de negócio. Se por um lado o Adwords surge em pesquisas no Google e em websites que contenham as palavras-chave indicadas no anúncio, por outro lado as Facebook Ads podem ser direccionadas para um determinado tipo de utilizadores, mas surgem apenas na plataforma e por isso estão limitadas aos utilizadores da rede social.

Comparativamente, a publicidade directa é conhecida como uma “venda personalizada”, isto é, escolhendo quais os websites onde vai ser colocada a publicidade, aliando sempre a uma mensagem cativante e uma imagem interessante, é possível redireccionar todos os visitantes do website para o seu anúncio e com isso conseguir atingir o seu objectivo. É conhecida como venda personalizada porque apesar de estar disponível para todo o tipo de utilizadores, independentemente da sua localização geográfica, faixa etária, gostos pessoais, etc., permite que apenas os interessados na campanha possam entrar na mesma através do banner publicitário.

A nível de custos, todas as opções têm as suas próprias características de custos, porém especialistas afirmam que quando as regras são bem aplicadas, é possível anunciar quer no Adwords ou Facebook Ads, com um custo relativamente baixo, ao contrário do que acontece na publicidade directa que muitas vezes pode chegar aos milhares de euros por mês.

Conclusão

Em jeito de conclusão, as três opções aqui apresentadas são provavelmente as mais importantes e eficazes para quem deseja anunciar na Internet, contudo é imprescindível escolher muito bem a plataforma, para que os resultados sejam realmente os desejados.

Em primeiro lugar é importante questionar sobre o tipo de público-alvo que deseja alcançar. Isto é, se o seu objectivo é centrar os anúncios em apenas uma determinada parte da população, com gostos e características específicas, então o melhor é mesmo optar pelas Facebook Ads. Encontrando as melhores condições que esta plataforma permite, é possível optimizar um anúncio para se tornar muito rentável a longo prazo, conseguindo novos fãs para uma página, ou simplesmente novas visitas para o seu website que podem resultar em vendas.
Se o objectivo é chegar a todo o tipo de pessoas, através dos gostos pessoais deles ao entrarem em determinados portais, então a publicidade directa pode ser a melhor opção. Nestes casos aconselhamos sempre a conhecer o portal muito bem, conhecer o público e o nível de visitas. Os preços praticados nestes casos podem estar definidos por clique, por mês ou por visualizações, dependendo claro de quem está a oferecer o espaço para publicitar.

Por último, mas não menos importante, se o seu objectivo é direccionar o seu anúncio para todas as pessoas que fazem pesquisas no Google ou que se interessam por um determinado tema em outros portais que contenham publicidade do Google, então o Adwords pode resultar muito bem para a sua campanha. Neste tipo de publicidade os custos podem ser um pouco mais elevados, já que estão a competir com centenas de concorrentes e isso pode implicar ter que subir o orçamento para os ultrapassar nos resultados apresentados.

Em suma, escolher a melhor opção para anunciar na Internet pode ser fulcral para atingir o seu objectivo. Mas, todas as opções se podem vir a tornar vantajosas, não só pela facilidade de uso, como também pelos preços praticados que permitem lançar campanhas, alterar as mesmas e cancelar em poucos segundos, o que em termos práticos significa uma melhor e mais eficaz gestão de marketing.

Os nossos leitores também viram:

  • Sem artigos relacionados