O que é um sub-domínio?

São poucas as pessoas que sabem o potencial que existe por trás de um sub-domínio, dando prioridade sempre a domínios, abdicam da utilização deste mesmo potencial para direccionar e organizar melhor a sua presença online. A presença online de uma empresa necessita de uma estratégia bastante bem definida para conseguir alcançar os seus objectivos, essa mesma estratégia passa muitas vezes por entender e dar atenção aos utilizadores, o que em termos práticos significa a utilização de variadas ferramentas e opções dos domínios, como é o caso dos sub-domínios.

Apesar de ainda existirem muitas dúvidas relativamente à utilização dos sub-domínios, são cada vez mais os utilizadores que assumem esta utilização como uma excelente vantagem de negócio, porém uma má utilização poderá vir a estragar todo o trabalho de optimização para os motores de busca ou denegrir a imagem geral do próprio domínio. Assim, a utilização de um sub-domínio requer algumas atenções específicas para que o objectivo desejado seja alcançado, não só para os utilizadores como também para os administradores dos websites.

O que é um sub-domínio?

Já introduzimos o assunto, mas em termos práticos ainda não esclarecemos o que é um sub-domínio e só após o fazer é possível aconselhar a sua utilização ou dar a conhecer as suas vantagens e desvantagens.

Em termos práticos, um sub-domínio é um recurso associado ao próprio domínio que permite criar vários endereços através de um domínio principal. Isto é, um sub-domínio permite aceder a variadas pastas dentro da pasta de raiz, em que a pasta de raiz é o domínio, é como se existissem várias ramificações derivadas de uma árvore, cada ramificação tem a sua própria utilização, aconselhando sempre que estejam todas elas ligadas.

Um exemplo disso é a utilização de um blog corporativo para uma empresa com presença online. O domínio adquirido pela empresa será nomedaempresa.com, ou seja irá utilizar o sub-domínio blog.nomedaempresa.com para instalar o script para o blog e tornar assim o seu blog independente mas ao mesmo tempo ligado ao domínio principal. A nível de pastas no seu alojamento, esta criação de um sub-domínio significa a criação de uma pasta nova com o nome blog que em termos práticos ficará junto das outras pastas do seu portal.

Diferença entre domínio e sub-domínio

Os domínios são criados a pensar na melhor opção para a empresa e para o negócio em questão, escolhendo o nome mais adequado para o mesmo, associado à melhor extensão disponível.

Em termos práticos, o domínio é formado pelo nomedaempresa e a extensão escolhida, sendo necessário para usar esse mesmo domínio o registo por um período de tempo numa empresa especializada neste serviço. A escolha da extensão a usar é da inteira responsabilidade do utilizador e estará sempre ligada exclusivamente ao domínio, podendo ser mais ou menos genéricas, dependendo da intenção do utilizador.

Os sub-domínios são um dos muitos recursos que os domínios permitem utilizar, fazendo uso do próprio domínio para criar novos endereços em forma de ramificações do domínio principal.

Geralmente estes sub-domínios são usados para diferenciar áreas diferentes dos websites (como o blog, o fórum, a área de clientes, etc.) ou mesmo para destacar as várias áreas em que a empresa trabalha, como por exemplo fotografia.nomedaempresa.com ou design.nomedaempresa.com, em que o fotografia e design são os sub-domínios agregados ao domínio principal nomedaempresa.com.

A grande diferença entre o domínio e o sub-domínio é relativamente aos motores de busca. Geralmente os resultados de uma pesquisa aparecem vários destinos, no entanto mesmo que existam mais que 1 ligação para o mesmo domínio, o máximo que surge no resultado das pesquisas são 2 em 10 resultados. Aí entram os sub-domínios e a forma como os motores de busca os encaram, já que são analisados como se fossem websites diferentes e por isso surgem muito mais rapidamente nas pesquisas, aumentando assim a probabilidade do seu website surgir em maior número nos resultados das pesquisas, desde que para isso use inteligentemente os sub-domínios.

Como criar um sub-domínio

Em primeiro lugar, para criar um sub-domínio é necessário que o seu alojamento o permita, já que alguns alojamentos mais limitados têm limites relativamente ao aparecimento de sub-domínios. Se no seu alojamento não existe essa opção, o melhor mesmo é mudar de alojamento ou questionar o gestor da mesma para ver se existe a possibilidade de criar 1 ou 2 sub-domínios sem um grande acréscimo de valor.

No caso de existir essa possibilidade, então os passos são extremamente simples:

– Aceder ao cPanel do seu domínio (geralmente pode ser acedido por www.domínio.com/cpanel)

– Aceder à secção Domínios e procurar a opção Subdomínios

– Escolher o próprio nome do subdomínio e confirmar onde diz “criar”

Para aceder aos ficheiros deste sub-domínio, deverá aceder à sua pasta public_html no alojamento do seu domínio e procurar uma pasta criada com o nome dado ao sub-domínio.

Vantagens e Desvantagens dos sub-domínios

Como seria de esperar, a utilização dos sub-domínios tem as suas vantagens e desvantagens, sendo da responsabilidade de cada utilizador escolher a sua utilização, de acordo com as suas necessidades e com os objectivos a que se propõe.

Vantagens

Como já foi referido, uma das grandes vantagens dos sub-domínios é relativamente aos motores de busca, permitindo que cada sub-domínio seja tratado como um website diferente, permite uma maior presença nos resultados das pesquisas.

A utilização de sub-domínios permite ainda poupar algum dinheiro, pois apesar de estar ligado ao domínio principal, é possível tirar partido dos sub-domínios para criar novos websites.

Os sub-domínios permitem ainda diferenciar, ao mesmo tempo que estão ligados com o domínio principal, as diversas áreas de um website (ideal para separar o website principal do blog e fórum de discussão), bastante apreciado pelos utilizadores mais exigentes que gostam de diferenciar os conteúdos mas ao mesmo tempo mantê-los ligados pelo domínio principal.

Desvantagens

Uma das grandes desvantagens dos sub-domínios é a penalização, isto é, no caso de um do seu domínio ser penalizado relativamente aos motores de busca, todos os sub-domínios são igualmente penalizados.

Por outro lado, apesar de um sub-domínio permitir dividir as várias áreas de um website, torna-se muito mais complicado de memorizar, tornando-se uma desvantagem.

A utilização de um sub-domínio não tem nada de errado para as estratégias a adoptar em qualquer website, porém é importante manter sempre a mesma linha de estratégia para definir, relativamente à gestão dos sub-domínios e dos sub-directórios, já que muitos trabalham de forma igual nos dois e torna-se desvantajoso para o seu projecto web, pois têm características extremamente diferentes.

Os nossos leitores também viram:

O que é o “parking” de domínios?

Nos dias que correm é possível ganhar dinheiro com domínios de variadas formas, uma delas é o parking, algo extremamente popular e com cada vez mais adeptos, principalmente porque é uma técnica que não requer muitas horas de dedicação, conseguindo por vezes atingir as 50 vezes o rendimento necessário para renovar novamente o domínio.

Apesar de ser uma técnica muito usada, são poucos aqueles que sabem exactamente o que é, as suas vantagens, a melhor técnica para ganhar dinheiro, os cuidados a ter e até como conseguir chegar a resultados positivos. Por isso hoje vamos esclarecer aqui essas mesmas dúvidas e oferecer algumas dicas para conseguir chegar ao objectivo final: ganhar dinheiro com domínios parqueados.

O que é parking de domínios?

O termo parking é inglês e em termos práticos significa “parqueamento”, isto é, no caso dos domínios consiste na tentativa de rentabilização de um domínio através de tráfego directo, sem conteúdos relativos e apenas colocando anúncios relacionados.

Em termos práticos, parquear um domínio significa dar um uso rentável a um domínio que não esteja em uso, criando uma página cheia de anúncios contextualizados com o próprio domínio, fazendo com que os utilizadores encaminhem-se para outros domínios através do seu, gerando assim dinheiro para o administrador do domínio parqueado. Apesar de ser algo que os utilizadores não gostam, já que em termos práticos não lhe trás informação útil, é uma das poucas técnicas de domínios que ainda se torna rentável, sem qualquer tipo de trabalho ou investimento.

Existem ainda muitos administradores de domínios parqueados que mais tarde conseguem vender esse mesmo domínio a outro utilizador, por um valor muito superior, conseguindo assim exponenciar a sua rentabilização.

Vantagens de usar o parking de domínio

Ao utilizar o parqueamento de domínios, estará assim a tentar rentabilizar alguns dos seus domínios que estejam parados, obviamente que existem alguns utilizadores que compram domínios exactamente com esta intenção, porém nem sempre se torna vantajoso financeiramente, já que a rentabilização do parqueamento de domínios depende de três factores principais:

– o domínio em si;
– os anúncios escolhidos para o parqueamento do domínios;
– o tráfego que esse domínio recebe, já que quanto mais tráfego, mais dinheiro irá dar.

Assim, uma das vantagens de usar o parking de domínio é a possibilidade de rentabilização de um domínio que esteja parado, seja por falta de ideias de desenvolvimento ou por falta de tempo para tal.

Uma outra vantagem é a facilidade com que um domínio é colocado em parking, apesar de existirem técnicas mais complicadas, hoje em dia é possível colocar um domínio parqueado em apenas alguns minutos, sendo que o investimento temporal inicial não é muito, sendo posteriormente nulo e mesmo assim podendo gerar uma bom renda anual.

Os rendimentos, apesar de serem inconstantes e quase imprevisíveis, podem-se tornar excelentes quando os três factores principais se combinam na perfeição, existindo domínios parqueados a resultar em rendimentos anuais a ultrapassar os milhares.

Ganhar dinheiro com domínios parqueados

Para conseguir ganhar um bom dinheiro anual com os seus domínios parqueados é importante ter em atenção a alguns factores.

Inicialmente é necessário algum trabalho de pesquisa, não só para encontrar bons domínios registados a primeira vez, como ainda para estar atento a domínios que já tenham sido registados e tenham expirado. Pesquisando pelas palavras chave, encontrando boas combinações e bons domínios, rapidamente consegue colocar o mesmo a rentabilizar com pouco trabalho.

Em seguida, a escolha adequada do layout da própria página do domínio parqueado é um factor relevante para conseguir gerar uma boa renda anual, encontrando um aspecto gráfico da página (landing page) interessante mas ao mesmo tempo simples e sem complicações, pode ser o caminho certo para chegar ao objectivo final.
Obviamente que pode testar, conseguindo assim testar vários layouts e estruturas dos anúncios, vendo o que é mais rentável para o seu domínio.

Cuidados a ter no parking de domínios

Um dos principais cuidados a ter é na gestão dos seus próprios domínios, isto é, aconselhamos sempre que tenha os seus domínios geridos (seja através de um ficheiro Excel ou mesmo de um caderno de notas), registando a data de registo, a data da renovação, o local onde está registado e o seu rendimento anual (quando existente). Esta gestão fará com que se torne mais simples de saber no final do ano se deverá continuar com aquele parqueamento ou não, se não tiver qualquer lucro, então não existem vantagens, sendo melhor abandonar o domínio ou tentar vender o mesmo. A falta de gestão pode fazer com que perca um excelente domínio por falta de atenção.

Por outro lado, a escolha da empresa de parqueamento é igualmente importante, já que umas dão mais liberdade que outras, oferecendo a escolha das palavras chave para o cabeçalho, vários tipos de layouts (divididos por categorias e subcategorias), pagamentos bastante em conta e com um apoio ao cliente fantástico, enquanto outras acabam por se tornar desvantajosas para quem deseja tornar os seus domínios rentáveis, tal é a dificuldade de trabalhar com as mesmas.

Outro cuidado é relativo à escolha do domínio, apesar de ser cada vez mais comum a compra de domínios com palavras de marcas, produtos ou serviços, é importante ter em atenção para não ter problemas legais com alguma marca registada ou alguma patente de produto ou mesmo de palavra.

Onde parquear os domínios?

Hoje em dia existem várias empresas que prestam este serviços aos interessados, apesar de algumas delas terem melhores condições que outras. Assim, vamos deixar aqui aquelas que melhor reputação têm perante os utilizadores de todo o mundo.

Adsense – apesar deste ser um dos serviços mais populares em todo o mundo, anunciou recentemente que iria abandonar o serviço para domínios com forward, logo já não é uma opção, apesar de se esperar novidades neste campo por parte da Google. Por enquanto pode utilizar o adsense para domínios que tenham os seus nameservers (nomes de servidores) definidos.

SEDO – um dos maiores portais a oferecer este tipo de serviço online.

Namedrive – um dos mais populares junto dos utilizadores mais exigentes, com personalizações fantásticas e layouts variados para parquear os seus domínios.

adPark – uma ferramenta brasileira, extremamente fácil de usar e com condições bastante vantajosas.

Em termos práticos, o parking de domínio é extremamente vantajoso para quem quer tentar rentabilizar os seus domínios parados, fazendo alguns lucros anuais sem praticamente trabalho algum.

Os nossos leitores também viram: