Western Union e MasterCard, Truncation e Generic Branding

Olá e viva o Sábado!

Quem segue a Liga dos Campeões e a Liga Europa, talvez tenha notado nos seus patrocinadores, a Western Union e a MasterCard. São 90+ minutos de jogo em que a nossa mente consome a publicidade no estádio, por isso é bem provável que se lembre destas duas empresas.

Mas, você não viu nem westernunion.com, nem mastercard.com a passar constantemente pelos seus olhos. Nada disso. O que você e outros tantos milhões de espectadores viram foi um exemplo de truncation e outro de generic branding.

Caso ainda não se lembre, fica aqui a nota:

A Western Union gastou milhões para anunciar o domínio WU.com, um claro exemplo de truncation (westernunion.com passa apenas a ser wu.com) e para os ainda cépticos, fica aqui a questão: porque é que uma empresa como a Western Union iria gastar milhões a anunciar um domínio que não é a sua marca, se não lhes fosse rentável? Para o ajudar na resposta, fica aqui uma dica…o domínio WU.com faz um forward para o westernunion.com.

A MasterCard gastou outros tantos milhões para anunciar o domínio Priceless.com, este sendo um exemplo fantástico de generic branding para um segmento dos seus serviços que ainda estão a ser lançados em vários países. O domínio Priceless.com vende experiências e é um genérico fabuloso. Faço-lhe novamente a pergunta: porque é que uma empresa como a MasterCard iria gastar milhões a anunciar um domínio que não é a sua marca, se não lhes fosse rentável? Priceless=MasterCard???

Ainda está com um domínio que só você e o seu “informático” acham engraçado, mas que não diz nada aos seus clientes? Continua a cair no erro de pensar que um domínio é apenas aquela “coisa” depois do www?

Aproveite as sugestões que lhe tenho deixado neste site. Acredite…este tipo de texto é Priceless.

Bom fim de semana!

Joao Mesquita

Os nossos leitores também viram:

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *